Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \29\UTC 2010

Arrigo Barnabé nasceu em Londrina, PR, em 14 de Setembro de 1951. Em São Paulo, cursou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (1971 a 1973) e a Escola de Comunicações e Artes (1974 a 1979), onde fez o curso de composição, no Departamento de Musica. Ainda na década de 1970, participou do Festival Universitário da TV Cultura com a musica Diversões eletrônicas. Lançou seu primeiro LP, Clara Crocodilo, em 1980.

(mais…)

Read Full Post »

“Tudo o que importa é o eterno movimento que há por trás da poesia, a vasta corrente subterrânea da dor, da loucura, da pretensão, da exaltação ou da ignorância humanas, por mais sublime que seja a intenção do poeta.”

Dylan Thomas

Read Full Post »

Vale muito a pena assistir esse vídeo do Leminsk, apesar da qualidade não ser muito boa vale pelo conteúdo.

Read Full Post »

Também eu saio á revelia

E procuro uma síntese nas demoras

Cato obsessões com fria têmpera e digo

Do coração: não soube e digo

Da palavra: não digo(não posso ainda acreditar

Na vida) e demito o verso como quem acena

E vivo como quem despede a raiva de Ter visto.

Sobre a autora…

(mais…)

Read Full Post »

Conto “O Plebiscito” de Artur Azevedo,

interpretador por Antônio Abujamra.

*

Read Full Post »

rolo de arame farpado

tora de peroba

de aroeira

todas as formigas

do couro da minha cabeça

meu queixo

minha mão

meu pau meu punho

meus tensos dentes


Amo aquela mulher

desde o momento

em que a vi mijando

descontrolada em pé


aquela mulher

era o puro amor

Sobre o autor…

(mais…)

Read Full Post »

Aceitarás o amor como eu o encaro ?…

…Azul bem leve, um nimbo, suavemente

Guarda-te a imagem, como um anteparo

Contra estes móveis de banal presente.

Tudo o que há de melhor e de mais raro

Vive em teu corpo nu de adolescente,

A perna assim jogada e o braço, o claro

Olhar preso no meu, perdidamente.

Não exijas mais nada. Não desejo

Também mais nada, só te olhar, enquanto

A realidade é simples, e isto apenas.


Que grandeza… a evasão total do pejo

Que nasce das imperfeições. O encanto

Que nasce das adorações serenas.

Read Full Post »

Older Posts »