Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘De algum lugar do passado’ Category

diante da flor

o menino sonha sonhar

sonhos de uma natureza ímpar

(já a flor não sonha, naturalmente ela é.)

Anúncios

Read Full Post »